Topbar widget area empty.
Saiba como funciona o sistema de vetorização de torque saiba-como-funciona-o-sistema-de-vetorizacao-de-torque Full view

Saiba como funciona o sistema de vetorização de torque

Saiba como funciona o sistema de vetorização de torque

Atuação rápida de freio em apenas uma roda pode evitar perda de direção em curvas.

saiba-como-funciona-o-sistema-de-vetorizacao-de-torque1

O motorista se aproxima da curva em alta velocidade, esterça o volante e contorna o traçado com perfeição, como se nada tivesse acontecido. Mas – muitas vezes – aconteceu. O sistema de frenagem conhecido por “vetorização de torque” é capaz de evitar perda de controle sem que o condutor perceba.

De acordo com o consultor técnico da Audi, Lothar Werninghaus, o dispositivo aplica freio na roda do lado de dentro da curva se o sistema detectar risco de derrapagem: “Para isso, ele compara alguns parâmetros, como velocidade e ângulo de esterçamento da direção”, diz.

“Digamos que o motorista vire o volante em 25 graus e o carro esteja a 100 km/h. Nessa condição, provavelmente o freio vai dar uma ‘beliscada’ na roda do lado de dentro da curva.” Segundo Werninghaus, essa “beliscada” é o suficiente para manter o veículo sob controle. A frenagem por vetorização de torque é uma função adicional do sistema de freio ABS.

Antes que a tecnologia passasse a ser adotada, a função de apaziguar os ânimos de motoristas mais afoitos ficava a cargo do controle de tração e estabilidade. Em caso de perda de tração ou inclinação de carroceria, esse tipo de sistema atua cortando torque do motor e aplicando freios.

Por isso, quando ele entra em ação, corta desempenho de forma muito intrusiva. Ao contrário disso, a vetorização de torque apenas “devolve” o carro à trajetória, e atua de forma quase imperceptível.

saiba-como-funciona-o-sistema-de-vetorizacao-de-torque

A tecnologia não é tão nova em modelos de marcas mais sofisticadas, como Audi e Porsche. Aos poucos, no entanto, ela vai chegando a automóveis mais acessíveis, caso do Honda Civic. O sistema, conhecido pela sigla AHA (Agile Handling Assist, ou assistente de dirigibilidade ágil) é item de série em todas as versões do sedã produzido em Sumaré (SP), e tem funcionamento similar ao de outras fabricantes.

Como nos outros carros que têm essa tecnologia, ao elevar a pressão hidráulica e aplicar freios separadamente nas rodas de dentro da curva, o dispositivo equilibra a diferença de velocidade entre as rodas e reduz a possibilidade de o veículo sair de frente.

Adicionalmente ao AHA, o controle de estabilidade (VSA) do Civic também é capaz de aplicar seletivamente a frenagem. Nesse caso, o sistema freia as rodas de fora da curva em caso de tendência de saída de traseira, para reduzir o efeito de desvio indesejado.

Caso nada disso atenue suficientemente a derrapagem e o veículo escorregue de frente ou de traseira, a direção elétrica fica mais dura no sentido em que o veículo não deve ser esterçado, alertando o motorista para que a vire para o lado certo.

Fonte: Jornal do Carro

O artigo: Saiba como funciona o sistema de vetorização de torque, também pode ser encontrado no portal: IN Trânsito.

Written by softcia

Leave a comment